domingo, 2 de dezembro de 2007

Tuareg

Ontem à noite fomos conhecer o bar Tuareg, em Santos. Já me tinham falado imenso do bar, já lá tínhamos tentado ir uma vez, mas como sempre estava cheio e ontem lá conseguimos conhecer o espaço, com uma reserva antecipada.


O Tuareg é um bar de inspiração marroquina, um espaço muito bem conseguido em termos de decoração e ambiente, com uma tenda ao fundo que acolhe alguns clientes num cenário exótico e acolhedor, e com variadas mesas ao longo do bar, rodeadas de castiçais, candeeiros orientais, almofadas enfeitadas de cores quentes e adereços originais.


Mas um bar não se faz apenas do espaço e da atmosfera envolvente e a parte do atendimento deixou a desejar. Inicialmente, o porteiro foi de uma antipatia surpreendente, e acabou por nos destinar a uma das piores mesas lá do sítio (senão a pior), junto à porta de vidro perto da rua (que frioooo!) e com uns banquinhos de verga para crianças de 3 anos (não estou a exagerar, eram minúsculos e saímos de lá com os traseiros quadrados e as pernas dormentes!).

Começámos por pedir chás e um terço do pessoal teve de ficar a ver os outros saborearem a bebida quente, enquanto esperavam, porque não tinham bules suficientes!! Gostei do meu chá de 1000 flores, mas pelos vistos, outros estavam exageradamente fortes (metade do bule eram folhas de chás, no caso de 1 das pessoas!). Para além da demora no atendimento, eram vários os itens que não estavam no menu (entre chás e snacks para matar a fome):


F: O que é que tem para comer?

Empregada: É o que está aí no menu!

F: Ok, quero uma sandes do deserto, s.f.f.

Emp: Essa já não temos...

F: Por isso é que perguntei antes... Pode ser uma sandes do mar!

Emp (passado algum tempo): Olhe, o atum já não está como eu acho que deve estar para servir, não quer escolher outra coisa? (ao menos preocupou-se, podia ter servido o atum em mau estado!)

F: Então uma sandes Tuareg...


Por acaso a sandocha estava bem boa e claro que acabou por ser uma noite bem passada, com a boa disposição do pessoal à mistura. Os momentos altos foram as danças orientais, ao ritmo da música árabe, vibrante e sensual.

Acabámos por nem experimentar as Nargilas (ou Xixas), talvez fique para a próxima, num dia de melhor atendimento!

10 comentários:

Canochinha disse...

Deixaste-me curiosa! :)

Sadeek disse...

Cum caraças......é preciso azar.
É o que temos...este atendimento é completamente irritante, chiça...

Beijos

Hydrargirum disse...

Ohhh....

Tás a ver...uma pessoa fica uns dias sem vir aqui...e perde um mundo!lol

O Tuareg?...hum...nunca la fui...mas gostei imenso do que disseste e do nome!!!

Quer dizer a parte da conversa com a pessoa meio tonta...é que...coff coff...há sempre gente assim por todo o lado!!!
Eu então atraio!lol

Adoro comida Marroquina...sei que vem a despropósito...mas achei por bem dizê-lo!;)

Jinhos:)

Tulaunia disse...

Minha linda, eu conheço o Tuareg cá de Coimbra, é um dos meus spots favoritos. Aqui os empregados são simpáticos, MUITO simpáticos mesmo e por isso fiz dele o meu lugar de eleição para colocar as conversas em dia com os meus amigos.
Boa semana :)*

PrimaNocte disse...

Onde é? Para eu ir espreitar, quando regressar a Portugal?

Jasmim disse...

Primanocte, o bar fica em Santos, na Calçada do Marquês de Abrantes. Quem segue aquela rua dos barzinhos de shots, em santos, para cima, como se fosses para a Assembleia da República (lado contrário a Alcântara), encontra o Tuareg quase no fim dessa rua! Mas reserva antes!

O pensador disse...

Jasmim,é o mal crónico do nosso país.
Sejam eles marroquinos,suecos,franceses,russos,italianos,chineses ou senegaleses...logo que abram uma lojita ou um barzito por "estas bandas",ganham logo os nossos vicios...(Mau atendimento)

Na frança existe uma ideia generalizada de que o povo Português é extremamente semelhante ao povo Marroquino.(Só não acreditam no mesmo Deus,porque de resto essa opinião também é partilhada pela comunidade Portuguesa residente naquele país)

Pois...quando li a tua história,não resisti a soltar um sorriso..

Leninha disse...

Vou frequentemente ao Tuareg de Santos e acho que tiveste azar nesse dia...acontece...Connosco são sempre muito simpáticos e atenciosos. Mas eu acho que isto ás vezes é mau porque a 1ª impressao conta muito...
Mas da minha parte eu e o meu pessoal curtimos imenso lá ir...e nos dias de dança aquilo ta sempre muito animado! O espaço é o máximo

Anónimo disse...

Olhem que o Tuareg mudou de nome aquilo era um franchising de uns gajos do Porto q não eram muito muito bons!

Mas os de Lisboa sairam da rede e agora chama-se AL Sahara....Passei lá este fim de semana e a dança do ventre tava o maxim...AL SAHARA é na Calçada Marquês de Abrantes 72...perto do IADE

Anónimo disse...

Adorei os teus comentarios!
Tambem adoro o Tuareg de Santos e vou la quase todas as semanas com os meu amigos. Secalhar tiveste azar no dia em que foste com o atendimento porque para mim o staff costuma ser sempre muito atencioso especialmente uma rapariga alta que havia la mas acho que ja se foi embora.