domingo, 27 de maio de 2007

Trovões

Quero escrever, mas não consigo. Tenho de ir ao ginásio, mas não me apetece. Preciso de concentração, mas o que me faz mal invade-me o pensamento. Dói-me a cabeça de tanto pensar, os olhos pesam-me, mas não tenho sono. Os músculos das costas estão tensos, tenho as mãos e os pés gelados como se fosse Inverno. Se começasse a escrever tudo o que me vai na alma, ficaria ainda mais triste e angustiada, chamaria até mim de novo as emoções más que teimam em agarrar-me e das quais de vez em quando me consigo soltar. A noite de ontem foi divertida, esforcei-me para relaxar e até consegui, mas na "back of my mind" eles continuavam lá, os comentários malditos e o que me fizeram sentir. Quero desvalorizar, quero relativizar e minimizar, afinal, não sejas parva, tanta gente com problemas a sério, com doenças graves e sem emprego...Não morreu ninguém! Sei que vai passar, que vai atenuar, que melhores tempos virão. Mas agora tenho vontade de desistir, de mandar à merda esta merda toda, por ser tão difícil remar contra a maré, remar quando nos tiram os remos e nos dão "cacetada" ao mesmo tempo. Já me ponho em causa, às vezes penso se não serei eu que estou errada. Sei que não devo, sei que não posso. Chega de lágrimas. Vou obrigar-me a reagir, vou transformar tudo isto em motivação para me dar força e continuar. Não queria deixar um post tão negativo, mas pensando bem, o mundo (pelo menos o meu) não é assim tão perfeito para escrever só coisas bonitas e boas. De vez em quando aparece uma trovoada pelo caminho...

7 comentários:

Van Dog disse...

Rauff para ti! (e sabes, concordo: uma boa trovoada de vez em quando é bom...)

Anónimo disse...

Espero que a trovada vá longe e já estejas a ver algumas "abertas"...talvez o arco-íris. Um beijinho e parabéns pelo blog. Regina

Miss Alcor disse...

Jasmim, nem sempre temos dias bons. E os dias maus às vezes também nos fazem bem. Fazem-nos pensar com mais clareza nas coisas.
Espero que já estejas mais animada. Os dias maus não devem durar muito tempo. Se foram muito prolongados fazem mal!
Ainda bem que desabafaste. Guardar tudo cá dentro, faz mal!
Beijinhos de boa disposição! ;)

Jasmim disse...

Obrigada pelo apoio...

Marco disse...

O poder dos trovões é 1 milhão de biliões de vezes superior à força do Homem...
Significa que temos de respeitá-los e olhar p eles e pensar no q desejar-mos:
- refletir
- imaginar
- nostalgia
- etc....

Lembro-me qd era pequeno e quando espreitava entre a chuva a imensa luz que vinha do céu... só sei que em poucos segundos ficava de dia!
Sei também que os trovões acalmam a minha mulher porque o meu ressonar é muito pior!!!
ahahahahah

Depois da tempestade vem a bonanza.
Estás em que altura? escolhe a segunda hipotese porque a alegria é a nossa fonte de energia.
Já tá
Bjos

Jasmim disse...

Markito!!

Só tu pra me fazeres dar uma boa gargalhada! Eu sei que é verdade, porque quando os "primes" se juntam todos, tens de ir dormir a kms de distância! Ehehe
A bonança já chegou para estes lados... Beijinhos

Marco disse...

Não era Bonança...
ainda bem que ja chegou!!!

Mas sim Bonanza...
referia-me ao filme

(como escrevi mal... estou a disfarçar)

Bjos